Enjoei, e agora?


Bom dia!

Seu animal de estimação costuma enjoar da ração? Ele se recusa a comer, ou então come menos que o normal? Pois então eu digo que é FRESCURA, e o culpado é você! #SoraMá

O animal não tem necessidade de variar o cardápio, assim como nós humanos. O hábito vem, normalmente, dos donos.

cateating

Tecnicamente esse comportamento é chamado de “Apetite Caprichoso”, sempre que um animal saudável rejeita o alimento com frequência. Essa ocorrência está intimamente ligada ao comportamento do dono, que transfere para o animal a necessidade de variar o cardápio.

O fato é que os donos desejam que seus animais comam o alimento como se fosse a melhor coisa do mundo, que demonstrem interesse pela comida, o efeito “novidade”, porém a empolgação após a introdução de um novo alimento dura até duas semanas, após este período o consumo diminui ao patamar normal. Nesta hora que o dono pode interpretar que o animal enjoou do alimento, e aí começa uma nova busca por algo que desperte o interesse do bichinho, e consequentemente reforça o comportamento seletivo.

CAT ASK FOOD

O QUE FAZER?

Voltar a rotina alimentar não será tarefa fácil. Para começar o dono deve entender os fatores que interferem na aceitação do alimento.

Oferecer um alimento altamente palatável está entre as atitudes para melhora do quadro. E isto pode ser encontrado em alimentos de alta qualidade e alto nível de aproveitamento, formulados com proteínas, gorduras e demais nutrientes provenientes de fontes nobres.

É necessário entender outros aspectos que influenciam na ingestão, como odor, textura, tamanho, temperatura, sabor. Porém não se atenha só a isso! O ambiente também influencia, cuidados para que o alimento seja oferecido em por uma única pessoa conhecida, ambiente familiar, que não fique próximo às áreas de defecação e micção do animal.

Em relação aos horários, no caso dos cães, manter uma rotina de horários fixa para alimentação com retirada da vasilha em 30 minutos independente se o animal ingeriu ou não. Além  de ajudar a discipliná-lo vai evitar que o alimento fique exposto na vasilha, evitando que a comida perca o aroma, a crocância e o sabor.

A luminosidade deve ser considerada, deve se evitar luz 24 horas, respeitando os ciclos de dia e noite. Esse fator é importante pois alguns animais, principalmente gatos, tem diferentes padrões de consumo de acordo com o ciclo luminoso.

cat-eating

É  muito importante tomar os devidos cuidados com alimentação do seu bichinho de estimação, para ajudar na longevidade, saúde e qualidade de vida dele. Ver nossos bichinhos felizes e saudáveis é o que importa, não é mesmo?

Espero que tenham aprendido a lição. (risos)

Beijos!

Fonte: Revista PETMAG nº 8

Anúncios

Sobre Sora 空

Paulistana, 30 anos, tem 70 gatos em casa.

Publicado em abril 17, 2013, em Uncategorized e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: